Depois da tempestade… A gente pinta a carranca

Como diz o título, que venha a calmaria! Passei um revéz semana passada… Estudei feito louca, 18h/d, mandei Penélope e Cleópatra pra casa da avó pra poder estudar mais e melhor! Na hora da prova?! Surtei! Não lembrava de nada, chorava de saudades, perdi o controle totalmente! Poxa, acho que nunca tinha estudado tanto… Não que seja desculpa, mas…
Fiquei triste, muito triste. Cheguei em casa 2 dias depois, demolida!
Olhei pro lado e o que eu vi?!
Minhas meninas lindas, com saudades, perguntando como eu estava, maridão preocupado comigo, precisando de colo porque estava com GECA, casa arrumada, piscina, calor… Minha vida não é exatamente ruim! E uma prova, é só uma prova! Não prova nada, afinal de contas!
De sexta pra cá, estou de férias! Tirei os 3 primeiros dias pra dormir… Tava precisada! Presente de mãe é hora de sono.
Mas terça as meninas já começaram a aula e eu comecei organizar meus projetinhos de férias ( que são tão raras) e a cultivar momentos cotidianos que a gente nunca enxerga… Todo dia entro na piscina no final-de-tarde e penso: como eu fui boba de passar calor o dia inteiro! Tô aprendendo a fazer pão de queijo e, decididamente, vamos voltar a ter o dia do bolo uma vez por semana! Faz bem pras meninas, pra mim, pros nossos corpitchos e pra nossa alma! Tivemos visitas de amigos mais que especiais também, que comento em outra oportunidade.
Voltando enfim ao tema do nosso post de hoje, o primeiro projetinho de verão foi pintar a carranca.
Vocês se lembram como ela estava quando a comprei em Amparo, né?! Totalmente rústica.

20140131-110929.jpg
Como toda pintura, o segredo desta reside em lixar bem a peça. Depois de um domingo inteiro de força braçal, ela ficou assim:

20140131-111136.jpg

20140131-111207.jpg
Viram os detalhes da madeira, os veios e nós aparecendo?!
Com relação à pintura, optamos por usar as cores clássicas da carranca, que são vermelho, preto, marrom e branco. E bastante fita crepe pra gente não borrar outra área a não ser a que estivéssemos pintando…

20140131-111503.jpg
O preto a gente pintou com spray pra madeira. O resto que vai tinta a gente passou um fundo branco.
O contorno vermelho dos olhos fiz à mão.
Hoje a bonita tá assim:

20140131-111744.jpg
Detalhe para os dentes e os olhos ( o “branco” dos), que pintamos com spray fosforescente – aquele que brilha no escuro. As meninas chegaram à conclusão de que seria mais assustador pro eventual ladrão se os olhos e os dentes brilhassem no escuro! Quem sou eu pra discordar, né?!

Hoje ainda faltam os olhos, mas termino esta peça sem falta! Amanhã completo com a foto dos finalmentes!

É isso… Quer entrar?! Fica à vontade, a casa é sua! Só não assusta com a carranca no porta!

A foto dos finalmentes! Finalizei a parte da madeira com óleo de peroba, já que não achei cera de abelha.

fiz os detalhes que faltavam nos olhinhos!

fiz os detalhes que faltavam nos olhinhos!

Anúncios

2 comentários sobre “Depois da tempestade… A gente pinta a carranca

  1. mulhervitrola disse:

    Sabe, quando eu era criança, passava numa loja que tinha várias dessas carrancas e morria de curiosidade ao invés e medo. Minha mãe não sabia me dizer do que se tratava e me disse que era item de feitiçaria, hahaha1 Eu continuo tendo admiração por elas, as acho lindas!

    Adorei a transformação que você fez com ela. E a ideia da tinta fluorescente é sensacional!

    Um beijo,
    Re

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s