A saga da banheira vitoriana continua

Vocês se lembram da história da banheira vitoriana que contei aqui, né?!
Era uma vez uma banheira que achei no meio do pasto e mandei reformar num funileiro enquanto eu reformava o muro de fora, dos fundos, que mostrei aqui também.
Inusitado, impalpável… Aconteceu! Roubaram minha banheira vitoriana! Na verdade, roubaram o caminhão com tudo que tinha dentro, incluindo minha banheira.
Quem acompanha o instagram do blog (@deolhonacasa) viu meu drama.

A empresa de transporte pensou em me reembolsar com 300 reais pela banheira que meu pai tomou banho logo que nasceu ( ele nasceu na casa da fazenda e a banheira ficava no banheiro da casa, naquela época!). Não, né?! Não pagava nem o restauro, que custou 450 reais. Queria outra banheira igualzinha, reformada. Se não achassem, eles que comprassem outra pra reforma e levassem no mesmo funileiro. E assim foi feito. A segunda banheira foi comprada em Blumenau e reformada em Mococa.
Mas na hora de transportar… Disseram que minha banheira estava disponível igualzinha à outra, onde eles haviam retirado da primeira vez, mas que não tinham interesse em fazer o transporte pra mim! Fuéém!
Pelo menos havia banheira, né!

Então, tá, obrigada pela reposição.

Parei meu carro na frente da casa do funileiro, apertei a campainha e falei: Será que o senhor podia por a minha banheira aí no porta-malas, por favor?

O homem arregalou os olhos, nem respondeu. Chamou o filho e vieram os dois com a banheira. E puseram no carro! Simples assim. E eu vim pra casa com a bela e a Maria Joaquina na rodovia, 170km, nem tão simples assim.

Taí, a banheira no carro. Chegamos sãs e salvas a banheira, Maria Joaquina, eu e a perua.

Taí, a banheira no carro. Chegamos sãs e salvas a banheira, Maria Joaquina, eu e a perua.

 

Soubesse que caberia, nem tinha contratado transporte, nem tinha sido robada a banheira que era da minha família, mimimimimi.

Pesada como só ela, marido e eu fomos capazes apenas de retirá-la do carro. Também tinha graça ir trabalhar na segunda com ela! E pedi pro engenheiro que fez a reforma aqui de casa se ele podia mandar alguns ajudantes pra colocá-la no canto dela lá no quintal.

Assim foi feito. Todo mundo já estreou a dita, a água é uma delícia de quentinha ( do aquecimento solar da casa – olha a mão-de-obra!), fizemos sais de banho algumas vezes ( lembra?!)

 

ela, a banheira vitoriana reinando!

ela, a banheira vitoriana reinando!

 

a banheira em seu devido lugar.

a banheira em seu devido lugar.

pezinhos dourados da banheira!

pezinhos dourados da banheira!

pezinhos nem táo dourados da dona da banheira.

pezinhos nem táo dourados da dona da banheira.

 

E foi assim que, novamente, o impalpável aconteceu… Qual é a chance de você recuperar uma banheira roubada ( mesmo que não seja a mesma!) e ganhar outra?!?

 

Duas semanas depois da banheira no seu devido lugar, recebo uma ligação do meu engenheiro e amigo ( beijo, Ricardo Pimenta!) perguntando: Você quer outra banheira igual a sua?!

OI?!?

É que peguei uma casa pra reformar e tem um trambolho lá! Os rapazes que foram carregar a sua me falaram que era igualzinha à da doutora! Rs… Quer?! Mas não tá reformada…

Sério?! Você quer me dar?! Ou me vender?!

Eu quero é me livrar pra começar a obra!!!Se quiser, mando entregar na sua casa amanhã! De graça!

Uhhuuuuuuu!!!!

 

E foi assim que a nossa banheira vitoriana ganhou uma irmãzinha!!!

presentão quando cheguei em casa! A segunda banheira vitoriana.

presentão quando cheguei em casa! A segunda banheira vitoriana.

a segunda banheira: idêntica, né?!

a segunda banheira: idêntica, né?!

chegou sujinha a segunda banheira...

chegou sujinha a segunda banheira…

lavei... e mandei reformar num funileiro virando a esquina!

lavei… e mandei reformar num funileiro virando a esquina!

Resumo da ópera: por enquanto ainda temos uma só banheira vitoriana reinando no quintal porque a outra não voltou da reforma. E depois eu e marido vamos tomar banho de mãozinha dada! S2! Hahahahaha!

Mas, sim, ela tem sido muito útil. O plano agora é construir um pergolado que a cubra e colocar mas prateleiras com o cimentício de madeira de demolição ao lado para apoio. E um deck também. E cobri-lo com bambu. E fazer um espelho MARA de janela. E cortinas brancas esvoaçantes. E enquanto isso não acontece, a gente fica tomando banho peladão no NOSSO quintal!

Outro dia meu sobrinho lindo que mora em Phili se jogou na piscina neste frio! Recuperamos o danado e pusemos na banheira quentinha, brincando! ( não viu no nosso insta?! @deolhonacasa! Cola lá! E fiz uma página no FB tb!)

20140727-190901-68941175.jpg

20140727-191222-69142568.jpg

E você?! Quer entrar, tomar um banhão quentinho de banheira?! Tem sais de banho, fica à vontade, a casa é sua!

Dormir, comer, pensar: Projetinhos de outono/inverno

O friozinho chega, uma nova sensação vai tomando conta da casa… Os dias ficam mais curtos apesar de lindos e iluminados! A nossa cama nunca foi tão gostosa assim… #preguiçamaster em levantar cedinho! mas adoro o inverno. Pelo menos este nosso inverninho daqui debaixo da linha do Equador. Geralmente meus planos pra esta época do ano se resumem a: dormir, comer, pensar. Hahahaha. E trabalhar nas horas vagas.
Então vem comigo ver como fiz nosso aconchego…

Dormir

O quarto ganhou edredon, mantinha, tapete e cortina. Uhuuu!

 

tapete shaggy-delícia

tapete shaggy-delícia

mantinha fluffy e edredon do tamanho da cama e branquinho

mantinha fluffy e edredon do tamanho da cama e branquinho

Comprei  este tecido em dezembro de 2012. Consegui este domingo fazer minha cortina!!! É o mesmo tecido da parede, mas do lado mais claro. Jaquard é como a vida: chique de doer e tem dois lados.

 

o lado escolhido do jaquard

o lado escolhido do jaquard

detalhes da cortina: faixa com o outro lado e strass que preguei à máquina, mesmo.

detalhes da cortina: faixa com o outro lado e strass que preguei à máquina, mesmo.

 

cortina - overview

cortina – overview

 

cortina cortinando

cortina cortinando

 

Comer

E as comidas?! melhor nem comentar que já engorda!

Quem está @deolhonacasa no instagram já viu nosso foundue de panelinhas. E junto dele, o bule de chá. Sim, litros de. Toda noite. De hortelã ou erva cidreira. Plantamos e agora colhemos ( em breve teremos um post sobre isto!)

Arrumei o melhor bule que já vem com infusor. Adivinha onde… Na Bibi Presentes, nossa lojinha ching do outro lado da rua! E uma chaleira perfeita, linda, cobre, que apita. Apaixonada por esta dupla!

chaleira e bule, a dupla dinâmica

chaleira e bule, a dupla dinâmica

o cestinho com erva-cidreira do quintal

o cestinho do bule com erva-cidreira do quintal

Por aqui, depois que descobri que bolo gostoso é bolo pelado, ninguém me segura!!!

o primeiro bolo pelado

o primeiro bolo pelado

 

o segundo bolo pelado

o segundo bolo pelado

 

don Maridón quis um de chocolate de aniversário! Parabéns, meu amor!

don Maridón quis um de chocolate de aniversário! Parabéns, meu amor!

 

e de vez em quando um chocolate quente com marshmelow!

20140629-225806-82686730.jpg

E teve aqui em casa dia 11 de junho o já tradicional Foundue Anual das Oftalmas, já em sua quarta edição.

delícia de noite com amigas maravilhosas

delícia de noite com amigas maravilhosas

 

Pensar

Fico pensando na minha pracinha particular. E minhas kalandivas ficam me olhando. Era uma mudinha minúscula, que comprei de lembrancinha pro aniversário de 6 anos da Penélope. Hoje enchem o vaso.

 

kalandivas pensadoras

kalandivas pensadoras

 

caminho das lavandas

caminho das lavandas

 

e hoje este caminho já tá assim...

e hoje este caminho já tá assim…

 

Projetinhos:
Costurar capa do divã, porta-travesseiros e almofada da Maria Joaquina.

Colocar papel de parede no quarto das meninas e  desenhar novo projetinho quarto da Cleo.

Pintar e decorar a casinha de boneca das meninas.

 

Nos intervalos, a gente trabalha, vê os jogos da copa… E você, vai fazer o que neste inverno? Quer vir aqui me ajudar a #dormircomerpensar? Fique à vontade, a casa é sua!