“Laca” você mesmo!

Depois que iniciamos a jornada para separar as meninas de quarto, decidi que iríamos laquear os móveis em cores diferentes e dividi-los entre as duas. São 2 cabeceiras, 2 criadinhos e uma escrivaninha.
Como a gente, eu, só tenho tempo de correr atrás destas coisas no final-de-semana, fomos ao Leroy Merlin cheios de esperança de encontrar respostas pras nossas perguntas. Ledo engano. Era domingo, estava calor, as meninas piraram na cartela de cores por mais que eu tivesse tentado decidir com elas antes e escolher uma paleta mínima pra cada.
Tinha muita gente e o vendedor não fazia idéia do que era laca. Só me mostrou a base Nitro da Sayer Lack e disse que não fazia tinta automotiva. Enquanto isso, marido era enganado na sessão de compressores. Saímos de lá com a tal base nitro, estopa, thinner, aguarrás, esmalte sintético coral e um arremedo de compressor da Wagner. 700 reais mais pobres e cheios de esperança.

Não deu certo. Voltei na semana seguinte e troquei o compressor por um igual ao do Léo.
Mantivemos a base e as tintas. O esmalte arrepiou sobre a base nitro e não secou nunca mais. Era esmalte sintético comum, não o automotivo.

Aí, então, decidi que não ia mais no Leroy pedir opinião. Fui na Casa Diamante, aqui em Campinas, lá eles fazem tinta automotiva.
Falei que queria laquear uns móveis e que tinha a base nitro ( de nitrocelulose). E reclamei também que o esmalte sintético que eu tinha comprado não secava nunca.
Saí de lá com tinta automotiva laca ( base de nitrocelulose, como o primer), lixa d’água 1200, massa para polir carros, thinner específico para a tinta que levei e catalisador pra adicionar no resto de esmalte da cabeceira da Penélope e nos criadinhos. E sem a menor idéia de onde íamos parar. E menos 200 reais na conta.

Compressor novo, leia as instruções de uso antes de começar.

Compressor novo, leia as instruções de uso antes de começar.

As cabeceiras das meninas são pesadas, com os pés em madeira maciça, torneados e sulcados e as curvas do painel em MDF. Tinham aplicação de flores em resina, que arrancamos. Lixamos a peça, corrigimos imperfeições com massa para madeira F12, antes de pintá-las.

As cabeceiras das meninas são pesadas, com os pés em madeira maciça, torneados e sulcados e as curvas do painel em MDF. Tinham aplicação de flores em resina, que arrancamos. Lixamos a peça, corrigimos imperfeições com massa para madeira F12, antes de pintá-las.

faz névoa, viu! Sai daí, Diana! Hahaha! A distância de trabalho é de 20 a 30cm, sobrepondo em 50% as camadas.

faz névoa, viu! Sai daí, Diana! Hahaha! A distância de trabalho é de 20 a 30cm, sobrepondo em 50% as camadas.

Os produtos que usamos para laca: base nitro Sparlack; laca de nitrocelulose feita na loja (casa diamante) e thinner automotivo. Náo precisa ser da mesma marca, tudo. O importante é que seja tudo compatível com o processo escolhido, tanto o fundo ( ou base ou primer) quanto a tinta.

Os produtos que usamos para laca: base nitro Sparlack; laca de nitrocelulose feita na loja (casa diamante) e thinner automotivo. Náo precisa ser da mesma marca, tudo. O importante é que seja tudo compatível com o processo escolhido, tanto o fundo ( ou base ou primer) quanto a tinta.

Marido obstinado lixou o esmalte base água que tínhamos aplicado na cabeceira da Cleo e, vamos lá! Laca nela!
Saio na garagem e vejo meu amor, com a cabeceira rosa, a mangueira e a lixa d’água! Eu me desesperei!!! Vai MOLHAR a cabeceira?!?! É de madeira!!! Mas ele vê muitos programas de carro e garantiu que sabia o que estava fazendo. Eu corri pra este mundão de Google sem fim, pra descobrir realmente como fazia a tal da laca de carro em móveis, com tinta laca. Caí numa discussão num portal de marceneiros onde um senhor descrevia realmente assim o processo:
Base Nitro, lixa, base nitro;
Laca, lixa d’água molhando, laca, lixa d’água molhando, laca, lixa d’água… 3 a 6 vezes;
Se for cor clara, apenas polir com massa de carro pra dar o brilho; se for cor escura, pode aplicar verniz pra laca.
E foi o que fizemos.
A cabeceira da Cleo taí, laqueada e polida.

cabeceira de Cleópatra, nossa laca pronta.

cabeceira de Cleópatra, nossa laca pronta.


penteadeirinha da Cleo, em laca fosca e adesivo vinílico nas gavetinhas.

penteadeirinha da Cleo, em laca fosca e adesivo vinílico nas gavetinhas.

A da Pê, misturamos o catalisador no resto de esmalte da cor. Secou e tá brilhante. Mas é uma cabeceira esmaltada à base de muitas cabeçadas. Não foi esmalte automotivo. Assim como os criados.

cabeceira da Penélope, tipo laca, mas é esmalte normal. Ficou ótima, na verdade!

cabeceira da Penélope, tipo laca, mas é esmalte normal. Ficou ótima, na verdade!

cabeceira esmaltada

criado-mudo. Veio da antiquário para o quarto antigo. Já tinha recebido pintura branca, antes. Foi lixado, primer, esmalte coral, normal, não automotivo.

criado-mudo. Veio da antiquário para o quarto antigo. Já tinha recebido pintura branca, antes. Foi lixado, primer, esmalte coral, normal, não automotivo.

Considerações sobre o processo:

1) não saia de casa sem saber o que comprar, você vai perder dinheiro e tempo;
2) laca de nitrocelulose seca rápido, mas tem que ficar lixando com água entre as demãos;
3) use a base ou primer de acordo com a tinta automotiva que escolher ( há 3 opções: esmalte sintético automotivo, laca automotiva e esmalte poliuretano, vulgo PU, que precisa de catalisador também);
4) o Leroy não tem nenhuma destas tintas e os vendedores sabem menos que você após ler este post;
5) o Léo tinha razão o tempo todo, e o processo dele parece mais rápido e econômico embora o esmalte sintético automotivo demore mais pra secar ( talvez use esta técnica na escrivaninha da Pê);
6) talvez não precisássemos de laca, mas apenas mudar as meninas de quarto, segundo marido…
E você, quer entrar, ver como ficaram os quartos delas?! Ainda não estão prontos!!! 😦

Cada uma no seu quadrado.

Felizmente nós temos 3 quartos em casa! Felizmente…
Estas duas se amam, inegavelmente. E fazem tudo juntas… Até brigar, brigam! Hahahaha! uma quer dormir de porta fechada, a outra tem medo do escuro. Uma quer ler, a outra dormir, uma arruma, a outra bagunça!
Penélope e Cleópatra tem 1ano e 10 meses de diferença. Cresceram amicíssimas e não se lembram da  vida sem a outra.

sessão de fotos para o dia dos pais, 2006. Fácil, fácil...

sessão de fotos para o dia dos pais, 2006. Fácil, fácil…

Agora elas querem individualidade. Quando mudamos pra cá, elas já tinham um quarto juntas. E o outro era de brinquedos. Mas acabou que virou closet do marido-quarto de roupas passadas-dos móveis que não queremos mais-das malas de viagem não desfeitas… Um perfeito e nada agradável quarto de bagunça! De modo que não reclamo em absoluto delas quererem cada uma seu quadrado e da Cleo ocupar este terceiro quarto. E ainda temos ma suitinha pegada na sala de jantar para eventuais hóspedes.

Prometi que começaria a fazer os quartos assim que terminasse a residência, em fevereiro deste ano. O prazo de entrega seria em fevereiro do ano qe vem.Eis que neste ínterim, me comprometi em mais um ano de especialização em córnea ( sim, este é meu vigésimo ano na universidade!) e isto tem me tomado muito tempo. E tutano. Sem falar que é um trabalho voluntário, sem vencimentos. Mas é pro meu crescimento intelectual e espiritual. E filhos, são filhos: também pro nosso crescimento intelectual e espiritual, não é mesmo?!

Então comecei timidamente a buscar algumas referências do que queríamos: a Cleo queria um quarto de corujas (!) e a Pê, que ficou no quarto original, queria um quarto fofo, pra uma pré-adolescente fofa, também. Nestas minhas andanças por esta internet véia e sem porteira, me deparei com esta ilustradora linda, a Johanna Wright.

Primeiro trabalhoque vi de Johanna Wright, Portland, EUA. Ukelele.

Primeiro trabalhoque vi de Johanna Wright, Portland, EUA. Ukelele.

E escolhi para o quarto da Cleo estas cores, o turquesa e o goiaba. Mas não tinha corujas, assim ela não queria… Para minha sorte, Johanna pintou uma ilustra com corujas, que comprei na Redbubble.

snowy owl ( would rather be reading); Johanna Wright

snowy owl ( would rather be reading); Johanna Wright

Este já chegou aqui em casa. Comprei também outros 2 pro quarto da Pê na loja dela no Etsy que devem estar enroscados na alfângega brasileira, que sei lá onde fica, parece mais um buraco negro! 😦

E fui selecionando inspirações deste danado do Pinterest pra poder compor estes quartinhos das minhas pré-adolês!!! Abaixo tem algumas, mas tenho um painel lá com todas, se quiser seguir…

Este foi  o primeiro que achei que cabia nas nossas referências. Adorei as cores e os galhos. E o tapete de listras coloridas.

Este foi o primeiro que achei que cabia nas nossas referências. Adorei as cores e os galhos. E o tapete de listras coloridas.

É de uma criança menor que cleópatra, certamente. Mas as bolinhas, a coruja nos galhos, a colcha... Muito inspirador!

É de uma criança menor que cleópatra, certamente. Mas as bolinhas, a coruja nos galhos, a colcha… Muito inspirador!

minha nova amiga BFF mandou este, não é uma coisa?! Os bichos e brinquedos nas estantes, borboletas, pompons gigantes no teto!!! Eu morava a[i f[acil, f[acil... Ainda mais se eu tivesse 8 anos!

minha nova amiga BFF mandou este, não é uma coisa?! Os bichos e brinquedos nas estantes, borboletas, pompons gigantes no teto!!! Eu morava aí fácil, fácil… Ainda mais se eu tivesse 8 anos!

Inspira;áo pro quarto da Penélope, embora o quarto turquesa seja da Cleo. Pirei na cabeiceira, no abajur, na galeria na parede, no tecido da cúpula... Também dormiria aí fácil!

Inspiração pro quarto da Penélope, embora o quarto turquesa seja da Cleo. Pirei na cabeiceira, no abajur, na galeria na parede, no tecido da cúpula… Também dormiria aí fácil!

E neste, então?! Acho que mudava até pra um nome com B pra aproveitar a letra na parede :P Tem um monte de fotos bacanas desta fofura em forma de quarto de meninas no blog da mãe-talento que o fez! Amei o coração, teremos um no quarto da Pê <3, bem especial! Aguardem!!! A cadeira... tudo, tudo!!!

E neste, então?! Acho que mudava até pra um nome com B pra aproveitar a letra na parede 😛 Tem um monte de fotos bacanas desta fofura em forma de quarto de meninas no blog da mãe-talento que o fez! Amei o coração, teremos um no quarto da Pê <3, bem especial! Aguardem!!! A cadeira… tudo, tudo!!!

 

 

Neste caminho também ganhei uma BFF linda que me traz um monte de referências bacanas, que vai merecer um post todo com suas dicas e produtos (quem será??? Aguarde cenas dos próximos capítulos!)

E você, quer entrar, ver como tão ficando os quartinhos? Siga @deolhonacasa no insta, as novidades aparecem em tempo real lá!

A gente colhe o que planta

Este dito pra mim não falha. No entanto, o post de hoje não é sobre as consequências dos atos que praticamos em geral, mas num sentido mais literal, mesmo. Prosaico.

Já falei aqui da nossa hortinha, cada dia mais verde, mais delícia! Hoje dedico o post todo a ela!

Eu cresci num lugar lindo, que tinha horta de verdade. Tinha até figo e morangos, além de todas as hortaliças e raízes de costume, é claro. E o pomar tinha mais de 100 pés de jabuticaba. E serigoela, cajamanga, carambola, groselhas… Muita fruta, muita árvore pra subir, muito espaço pra brincar. Era o sítio Barra Alegre. Este que ilustra o blog. Esta é minha definição de lar. Meu porto seguro.

Hoje moramos na cidade, nós quatro mais a gata Maria Joaquina. Mas não é por isso que não podemos ter uma hortinha, não é mesmo? Quando reformei o quintal, tinha certeza que haveria uma hortinha aqui. Fiz em volta da mureta pra gente não precisar ficar agachado enquanto lida com as mudinhas.

Primeiro plantei na hortinha esta pimenteira, contra mau-olhado e pra espantar formiga.

Primeiro plantei na hortinha esta pimenteira, contra mau-olhado e pra espantar formiga.

 

 

marido achou dois saquinhos de sementes, de rúcula e tomate. Simplesmente jogou neste cantinho. Maria Joaquina é ameaça constante da horta e jajá mostro como resolvi o problema dela não mais enterrar nos canteiros.

marido achou dois saquinhos de sementes, de rúcula e tomate. Simplesmente jogou neste cantinho. Maria Joaquina é ameaça constante da horta e jajá mostro como resolvi o problema dela não mais enterrar nos canteiros.

Estes sáo os temperinhos, plantei aqi antes da reforma. Alecrim, salsinha, ceebolinha e orégano. Haverá outros quando a primavera chegar. e a touceira de capim-cidreira, marido amarro com um trapinho.

Estes sãoo os temperinhos, plantei aqui antes da reforma. Alecrim, salsinha, ceebolinha e orégano. Haverá outros quando a primavera chegar. e a touceira de capim-cidreira, marido amarrou com um trapinho.

Verdurinhas!!! Uma vez pormês, vou pra um lugar distante trabalhar 2 dias, pela minha especialização em córnea. Divinolândia tem poco mais de 10 mil habitantes e, ao laddodo varejão, tem um rapaz que vende mdinhas na calçada. 1 real a fileira de 10 mudinhas. Aí tem escarola, alface lisa e crespa.

Verdurinhas!!! Uma vez por mês, vou pra um lugar distante trabalhar 2 dias, pela minha especialização em córnea. Divinolândia tem poco mais de 10 mil habitantes e, ao lado do varejão, tem um rapaz que vende mudinhas na calçada. 1 real a fileira de 10 mudinhas. Aí tem escarola, alface lisa e crespa.

Também tem uma feira aqi em Campinas nos Amarais que vende mudinhas na calçada. 20 reais por 50 mudinhas. O divertido lá é que as crianças pegam a bandeja de sementeira e vão enchendo com as mdinhas, qualquer uma... De lá compramos: quiabo, brócoli, abóbora, beterraba, alface americana, berinjela, espinafre e mais cheiro verde.

Também tem uma feira aqui em Campinas nos Amarais que vende mudinhas na calçada. 20 reais por 50 mudinhas. O divertido lá é que as crianças pegam a bandeja de sementeira e vão enchendo com as mdinhas, qualquer uma… De lá compramos: quiabo, brócoli, abóbora, beterraba, alface americana, berinjela, espinafre e mais cheiro verde.

Este trançado das fotos foi feito con palitinhos de churrasco e barbante. Evita gatos e pássaros. Pras formigas, joguei um monte de gergelim na terra durante o preparo

Quando comprei os vasos de barro dos temperos, comprei este porquinho. Foi só passar m spray dourado pra ele ficar lindão. No fndo do vaso tem bedim ( aquele feltro filtrante, argila expandida e terra de jardim, mesmo)

Quando comprei os vasos de barro dos temperos, comprei este porquinho. Foi só passar m spray dourado pra ele ficar lindão. No fndo do vaso tem bedim ( aquele feltro filtrante, argila expandida e terra de jardim, mesmo)

 

Também pintei com mas tintas latex de teste e spray dourado esta bacia cerâmica que recebeu o cheiro verde e otros 2 vasinhos que receberam mudas de morangos.

Também pintei com mas tintas latex de teste e spray dourado esta bacia cerâmica que recebeu o cheiro verde e otros 2 vasinhos que receberam mudas de morangos.

O manjericão foi pra terra, ali na foto acima. E o tomate ficou no cantinho do muro. Tomate precisa de guia. Marido arrancou um portãozinho do balcão da churrasqueira e amarramos ele lá.Até que hoje o portão caiu por cima do tomateiro, que já está carregado.

 

A hortelã foi pra debaixo da jabticabeira e cresce viçosa, obrigada!

A hortelã foi pra debaixo da jabticabeira e cresce viçosa, obrigada!

E como a gente colhe o que planta, tudo cresceu e… fuém: plantamos com pouca distância entre as mudas. Algumas serão transplantadas.#oremos. Fora que não chove há mais de 3 meses e eu rego a hortinha com regador 1 vez por semana, só, já que estamos à beira da calamidade neste sertão paulistano. #oremos2.

Mas, enfim, contudo, todavia, o aspecto atual da nossa hortinha é este:

Olha o brócoli, que enorme!

Olha o brócoli, que enorme!

E o tomateiro, então...

E o tomateiro, então…

Edomingo rolou almoço delícia com fidelinho à bolonhesacommanjericão, salsinha e cebolinha da hortinha + escarola com bacon! Primeira produção!

E domingo rolou almoço delícia com fidelinho à bolonhesa com manjericão, salsinha e cebolinha da hortinha + escarola com bacon! Primeira produção!

aspecto geral, com os bancos, no fim de tarde.

aspecto geral, com os bancos, no fim de tarde…

E você, quer um pé de escarola, de alface, temperinhos? Fique â vontade, a casa é sua!

IMG_6558.JPG

IMG_6348.JPG

IMG_6455.JPG

IMG_6352.JPG

A gente é uma família-margarina… Sqn

Todo mundo sabe que eu tenho duas meninas lindas e espertas, né?! Penélope e Cleópatra me ensinam muito. Desde os 5 anos eu não consigo ganhar da Pê no jogo da memória e a Cleo… Bem, semana passada eu perdi a hora e deixei as meninas dormirem um pouco mais. Na verdade, nós só acordamos com o cara da perua ligando 7 e meia perguntando se tinha acontecido alguma coisa, porque ele buzinou, buzinou e ninguém saiu, então ele foi embora. Poxa, tava frio, acordei atrasada, marido também… Minha mãe nunca me deixava faltar… Vamos deixar as meninas dormirem, certo?! Errado! Cleópatra acordou muito brava e me obrigou a escrever uma carta pra professora na agenda explicando o porquê dela ter faltado. E que agora era culpa minha ela ter tarefa em dobro.
Segunda cena: na escola, as crianças fizeram um vidrinho de capuccino pra o dia dos pais. O da Pê, a gente tomou. O da Cleo tá guardado ainda. Ao invés de abrir, ela comprou um pacote de leite ninho pra podermos fazer bastante capuccino. E hoje eu cheguei do trabalho e… Não tinha nescau, não tinha leite, não tinha açúcar, não tinha ração pra gata. Resignada, peguei a perua e fomos ao Carrefour. Mãe legal que sou, lembrei de trazer um pacotinho de nescafé pra gente fazer o tal capuccino. Eu sempre faço. É fácil, dá um montão e fica no pote azul ao lado da cafeteira.
Então já fui jogando no pote mesmo: leite ninho ( o quanto coube), chocolate do padre ( um tanto bom), um pacotinho de Nescafé tradição e bicarbonato de sódio. Só que há uns 2 meses eu precisei de bicarbonato e fui no empório aqui perto. Só tinha de quilo. Eu peguei o pote e fui, digamos, generosa. A Cleo já falou: mamãe, você não está seguindo a receita. São 2 colheres de sopa pra uma bacia. Ao que eu retruquei: bobagem, filha! Eu conheço outra receita! A gente põe bastante pra ficar bem espumoso!
Jantamos, tomaram banho, enrola, vai dormir, não pode tomar capuccino agora que tá de noite… Aiai… Depois que as pus na cama, fui experimentar o capuccino.
Gente, o que eu faço?! O negócio começou a ferver na xícara!!! Joguei direto na pia, o que até fez aquela limpeza profunda! Depois achei q eu não tinha misturado direito no pote, pus na vasilha, pus o resto do leite em pó e mais chocolate do padre. experimentei de novo… Meu irmão falou: tá bom? – Ahã, delícia! Mas a verdade é que ficou um verdadeiro sal de frutas e eu tô arrotando até agora! E pior! Agora é um monte de capuccino-sal-de-frutas que não cabe no pote!!!

IMG_0096.JPG
Nem limpei a mesa pro café-da-manhã. Estou pensando seriamente em culpar a Maria Joaquina pela bagunça. Só imaginando a bronca que eu vou tomar logo cedo. Isso se eu não perder a hora…
E você, quer capuccino?! Fica à vontade, só não liga a bronca!

A saga da banheira vitoriana continua

Vocês se lembram da história da banheira vitoriana que contei aqui, né?!
Era uma vez uma banheira que achei no meio do pasto e mandei reformar num funileiro enquanto eu reformava o muro de fora, dos fundos, que mostrei aqui também.
Inusitado, impalpável… Aconteceu! Roubaram minha banheira vitoriana! Na verdade, roubaram o caminhão com tudo que tinha dentro, incluindo minha banheira.
Quem acompanha o instagram do blog (@deolhonacasa) viu meu drama.

A empresa de transporte pensou em me reembolsar com 300 reais pela banheira que meu pai tomou banho logo que nasceu ( ele nasceu na casa da fazenda e a banheira ficava no banheiro da casa, naquela época!). Não, né?! Não pagava nem o restauro, que custou 450 reais. Queria outra banheira igualzinha, reformada. Se não achassem, eles que comprassem outra pra reforma e levassem no mesmo funileiro. E assim foi feito. A segunda banheira foi comprada em Blumenau e reformada em Mococa.
Mas na hora de transportar… Disseram que minha banheira estava disponível igualzinha à outra, onde eles haviam retirado da primeira vez, mas que não tinham interesse em fazer o transporte pra mim! Fuéém!
Pelo menos havia banheira, né!

Então, tá, obrigada pela reposição.

Parei meu carro na frente da casa do funileiro, apertei a campainha e falei: Será que o senhor podia por a minha banheira aí no porta-malas, por favor?

O homem arregalou os olhos, nem respondeu. Chamou o filho e vieram os dois com a banheira. E puseram no carro! Simples assim. E eu vim pra casa com a bela e a Maria Joaquina na rodovia, 170km, nem tão simples assim.

Taí, a banheira no carro. Chegamos sãs e salvas a banheira, Maria Joaquina, eu e a perua.

Taí, a banheira no carro. Chegamos sãs e salvas a banheira, Maria Joaquina, eu e a perua.

 

Soubesse que caberia, nem tinha contratado transporte, nem tinha sido robada a banheira que era da minha família, mimimimimi.

Pesada como só ela, marido e eu fomos capazes apenas de retirá-la do carro. Também tinha graça ir trabalhar na segunda com ela! E pedi pro engenheiro que fez a reforma aqui de casa se ele podia mandar alguns ajudantes pra colocá-la no canto dela lá no quintal.

Assim foi feito. Todo mundo já estreou a dita, a água é uma delícia de quentinha ( do aquecimento solar da casa – olha a mão-de-obra!), fizemos sais de banho algumas vezes ( lembra?!)

 

ela, a banheira vitoriana reinando!

ela, a banheira vitoriana reinando!

 

a banheira em seu devido lugar.

a banheira em seu devido lugar.

pezinhos dourados da banheira!

pezinhos dourados da banheira!

pezinhos nem táo dourados da dona da banheira.

pezinhos nem táo dourados da dona da banheira.

 

E foi assim que, novamente, o impalpável aconteceu… Qual é a chance de você recuperar uma banheira roubada ( mesmo que não seja a mesma!) e ganhar outra?!?

 

Duas semanas depois da banheira no seu devido lugar, recebo uma ligação do meu engenheiro e amigo ( beijo, Ricardo Pimenta!) perguntando: Você quer outra banheira igual a sua?!

OI?!?

É que peguei uma casa pra reformar e tem um trambolho lá! Os rapazes que foram carregar a sua me falaram que era igualzinha à da doutora! Rs… Quer?! Mas não tá reformada…

Sério?! Você quer me dar?! Ou me vender?!

Eu quero é me livrar pra começar a obra!!!Se quiser, mando entregar na sua casa amanhã! De graça!

Uhhuuuuuuu!!!!

 

E foi assim que a nossa banheira vitoriana ganhou uma irmãzinha!!!

presentão quando cheguei em casa! A segunda banheira vitoriana.

presentão quando cheguei em casa! A segunda banheira vitoriana.

a segunda banheira: idêntica, né?!

a segunda banheira: idêntica, né?!

chegou sujinha a segunda banheira...

chegou sujinha a segunda banheira…

lavei... e mandei reformar num funileiro virando a esquina!

lavei… e mandei reformar num funileiro virando a esquina!

Resumo da ópera: por enquanto ainda temos uma só banheira vitoriana reinando no quintal porque a outra não voltou da reforma. E depois eu e marido vamos tomar banho de mãozinha dada! S2! Hahahahaha!

Mas, sim, ela tem sido muito útil. O plano agora é construir um pergolado que a cubra e colocar mas prateleiras com o cimentício de madeira de demolição ao lado para apoio. E um deck também. E cobri-lo com bambu. E fazer um espelho MARA de janela. E cortinas brancas esvoaçantes. E enquanto isso não acontece, a gente fica tomando banho peladão no NOSSO quintal!

Outro dia meu sobrinho lindo que mora em Phili se jogou na piscina neste frio! Recuperamos o danado e pusemos na banheira quentinha, brincando! ( não viu no nosso insta?! @deolhonacasa! Cola lá! E fiz uma página no FB tb!)

20140727-190901-68941175.jpg

20140727-191222-69142568.jpg

E você?! Quer entrar, tomar um banhão quentinho de banheira?! Tem sais de banho, fica à vontade, a casa é sua!

Dormir, comer, pensar: Projetinhos de outono/inverno

O friozinho chega, uma nova sensação vai tomando conta da casa… Os dias ficam mais curtos apesar de lindos e iluminados! A nossa cama nunca foi tão gostosa assim… #preguiçamaster em levantar cedinho! mas adoro o inverno. Pelo menos este nosso inverninho daqui debaixo da linha do Equador. Geralmente meus planos pra esta época do ano se resumem a: dormir, comer, pensar. Hahahaha. E trabalhar nas horas vagas.
Então vem comigo ver como fiz nosso aconchego…

Dormir

O quarto ganhou edredon, mantinha, tapete e cortina. Uhuuu!

 

tapete shaggy-delícia

tapete shaggy-delícia

mantinha fluffy e edredon do tamanho da cama e branquinho

mantinha fluffy e edredon do tamanho da cama e branquinho

Comprei  este tecido em dezembro de 2012. Consegui este domingo fazer minha cortina!!! É o mesmo tecido da parede, mas do lado mais claro. Jaquard é como a vida: chique de doer e tem dois lados.

 

o lado escolhido do jaquard

o lado escolhido do jaquard

detalhes da cortina: faixa com o outro lado e strass que preguei à máquina, mesmo.

detalhes da cortina: faixa com o outro lado e strass que preguei à máquina, mesmo.

 

cortina - overview

cortina – overview

 

cortina cortinando

cortina cortinando

 

Comer

E as comidas?! melhor nem comentar que já engorda!

Quem está @deolhonacasa no instagram já viu nosso foundue de panelinhas. E junto dele, o bule de chá. Sim, litros de. Toda noite. De hortelã ou erva cidreira. Plantamos e agora colhemos ( em breve teremos um post sobre isto!)

Arrumei o melhor bule que já vem com infusor. Adivinha onde… Na Bibi Presentes, nossa lojinha ching do outro lado da rua! E uma chaleira perfeita, linda, cobre, que apita. Apaixonada por esta dupla!

chaleira e bule, a dupla dinâmica

chaleira e bule, a dupla dinâmica

o cestinho com erva-cidreira do quintal

o cestinho do bule com erva-cidreira do quintal

Por aqui, depois que descobri que bolo gostoso é bolo pelado, ninguém me segura!!!

o primeiro bolo pelado

o primeiro bolo pelado

 

o segundo bolo pelado

o segundo bolo pelado

 

don Maridón quis um de chocolate de aniversário! Parabéns, meu amor!

don Maridón quis um de chocolate de aniversário! Parabéns, meu amor!

 

e de vez em quando um chocolate quente com marshmelow!

20140629-225806-82686730.jpg

E teve aqui em casa dia 11 de junho o já tradicional Foundue Anual das Oftalmas, já em sua quarta edição.

delícia de noite com amigas maravilhosas

delícia de noite com amigas maravilhosas

 

Pensar

Fico pensando na minha pracinha particular. E minhas kalandivas ficam me olhando. Era uma mudinha minúscula, que comprei de lembrancinha pro aniversário de 6 anos da Penélope. Hoje enchem o vaso.

 

kalandivas pensadoras

kalandivas pensadoras

 

caminho das lavandas

caminho das lavandas

 

e hoje este caminho já tá assim...

e hoje este caminho já tá assim…

 

Projetinhos:
Costurar capa do divã, porta-travesseiros e almofada da Maria Joaquina.

Colocar papel de parede no quarto das meninas e  desenhar novo projetinho quarto da Cleo.

Pintar e decorar a casinha de boneca das meninas.

 

Nos intervalos, a gente trabalha, vê os jogos da copa… E você, vai fazer o que neste inverno? Quer vir aqui me ajudar a #dormircomerpensar? Fique à vontade, a casa é sua!

 

Terrários balançantes

Post rapidinho pra mostar a janela do escritório. comprei acho que em fevereiro estes enfeites multipurpose em uma loja gringa no Etsy, bem quando eu estava na febre dos terrários.

mini-terrários na embalagem

mini-terrários na embalagem

Demorou uns 2 ou 3 meses pra chegar e mais outro tempo pra eu usar… Neste ínterim, até matei 2 terrários daqueles 5 afogados… #mejulguem!
Mas, enfim… São piticos, são lindos e estão aqui olhando as meninas estudarem, acima da bancada do escritório.

pra vocês verem o tamanho do vidrinho... Uso luva 7, absolutamente mediana.

pra vocês verem o tamanho do vidrinho… Uso luva 7, absolutamente mediana.

Não mostro o overview do lugar porque ainda estou com vergonha da bagunça que é o nosso escritório ( tenho um post começado sobre o escritório começado há uns 6 meses, mas só tem as fotos do antes! #mejulguem2).

Sobre os pendentes, este maior não tinha lugar pra prender o fio, fiz com este finalizador de acrílico entupindo o bocal e achei ótimo! Os outros dois, as meninas que escolheram a ordem no nosso arsenal da ex-futura cortina de contas/cristais.

terrário balançante, o maior. Tipo gota.

terrário balançante, o maior. Tipo gota.

As suculentas plantei usando a velha técnica de drenagem para os potes sem furos, que mostrei aqui: carvão ativado no fundo, pedriscos, solo arenoso fértil ( 1:1 húmus com areia), pedriscos em cima.
E segura a louca pra não afogar as plantinhas de novo!!!

terrários plantados

terrários plantados

 

ficaram assim, os terrários!

ficaram assim, os terrários!

 

terrários pendurados

terrários pendurados

 

terrários vistos de baixo

terrários vistos de baixo

 

a janela e os terrários

a janela e os terrários

E vocês, gostaram? Como é seu escritório, bagunçado ou organizado?! Quer entrar no meu mesmo assim?! Fica à vontade, a casa é sua!
E se quiser me mostrar o seu, já sabe: deolhonacasa@email.com

Os bebês nascem em árvores

Ok, sabemos que não, é figurado! Mas sabe que adoro a idéia?! Acho que uma nova vida tem tudo a ver com frutos, com uma família que nasce, com a imagem da árvore de raízes fortes e profundas que nutrem e dão sustentação e copa que dá sombra, acolhe e dá frutos.

 

Há 2 anos, quando meu sobrinho, filho da minha irmã nasceu em terras distantes, eu não estava presente. Mas meu irmão, meu pai e minha mãe estavam. E eis que este meu irmão do meio é um artista! E ela pediu pra ele pintar no quarto do bebê uma árvore! Eu dei os bichinhos ( o tema era selva) e o pai do bebê pregou prateleiras com fitas, que parecem um balanço na árvore! Óinnn! So cute! Fora que aproveitou o canto de uma forma incrível, não?!

 

 

árvore do Leonardo

árvore do Leonardo

 

detalhe ( a foto é de cell phone, sorry...)

detalhe ( a foto é de cell phone, sorry…)

 

o "tema". Mães adoram...

o “tema”. Mães adoram…

 

Aí outro dia uma menina linda-médica-doce-quase-oftalma lá da residência ficou grávida! E eu contei a história da árvore que eu tinha sugerido pra minha irmã fazer e mandei estas fotos..

 

Eis que o maridowisk dela também é artístico, além de paizão do pequeno Manu! E olha o resultado, que feliz!

 

 20140618-204704-74824580.jpg

20140618-204703-74823960.jpg

20140618-204704-74824178.jpg

20140618-204704-74824386.jpg

20140618-205323-75203486.jpg

Nééann! E ele, o pai, foi fazendo aos poucos, nos finais-de-semana, entre uma soneca e outra do pitico! E ainda poder contar depois pro menino que o paizão que fez?! Tem coisas que só o amor…

Isso porque a mamãe do bebê, que tirou licença às vésperas mesmo do bebê nascer, estava pensando em por papel de parede no quarto… Vê bem! Quase na maternidade e pensando no papel de parede! Contei pra ela que vi uma porção de parede de bolinhas por aqui na blogosfera com lacre de envelope. Sabe?! Aqueles que vendem na Kalunga de cartela num envelope durinho amarelo?! Então! Mamãe também é gente que faz!!!
Olha lá:

20140618-210049-75649723.jpg

20140618-210049-75649526.jpg

Bolinhas multicoloridas! Parabéns, casal!
Empolgaram tanto que pintaram até o bebê! Olha o quadrinho na estante! Hahahaha! Vocês são ótimos e o Manuel-bebê, um fofíssimo!

Em resumo, é isso que escrevo em todos os cartões de casamento desde que uma amiga escreveu pra mim, no meu: Que o amor de vocês crie asas e raízes.

Então se alguém marcar gol nesta copa, ficam as dicas… Decoração linda, lúdica e barata para quartinhos de bebês.

20140618-210542-75942797.jpg
Este é o Léo, meu sobrinho, torcendo na copa!

E você, tem alguma dica?! Já sabe, né! deolhonacasa@email.com.

Quer entrar?! Fica à vontade, só fala baixinho que o bebê tá dormindo!

5 dicas infalíveis para o maridão ajudar na decoração

Se o seu marido é daqueles mão na massa, fazem tudo, super dispostos a abrir um sifão, furar a parede, pintar e até reformar móvel sozinho, tipo marido de aluguel, então este post não é pra você… Abafa o caso, não comenta das vantagens do maridão que isso chama inveja, mas, just in case, não custa ouvir umas dicas básicas sobre como aumentar a performance do marido #daquelaquequermudartudo!!!

Eu não tive esta sorte… Não que tenha casado mal (senão não estaria casada até hoje…), maridíssimo é um ótimo marido, ótimo pai, ótimo cozinheiro, trabalhador, enfim, várias qualidades. Mas não é a pessoa mais disposta a pregar um quadro, papel de parede ou reformar um móvel! Aliás, ele tem faniquito de pallets na decoração… E ele sempre prefere comprar pronto a ter que fazer. Uma de suas frases clássicas é: já disse que vou fazer, não precisa me lembrar a cada 6 meses!!!
Fazer o quê, né?! Ninguém é perfeito, também não sou…

No entanto, ao longo destes anos, percebi que alguns truques simples podem ser de grande valia na hora de equilibrar a gastura de um em fazer coisas pela casa ( minha, no caso) e a paúra do outro em se meter em tarefas hercúleas e infindáveis!

1) Respeite as limitações decorativas dele:

Se ele não gosta de decoração e pra ele tanto faz ( embora saibamos que isto é mentira, pois todo mundo gosta de chegar numa casa que reflita você mesmo!), não adianta mostrar 3 tons de cores e 2 papéis de parede diferentes! A resposta será sempre a mesma! 😦 Arrume interlocutores que pensem como você, que possam te ajudar, uma amiga… Pesquise, se jogue na blogosfera! Aqui tem muita gente expert, ainda que eu não me inclua nesta!

esta é a paleta de cores que escolhi pra reforma da nossa sala de jantar! Em breve, neste blog!

esta é a paleta de cores que escolhi pra reforma da nossa sala de jantar! Em breve, neste blog!

Idéia deste post da Oppa.

Este trabalho de planejar, então, vai ser solitário, mas muito frutífero! Organize suas referências num painel, físico ou virtual, e vá decorando sua casa aos poucos, em camadas… Primeiro paredes, m[oveis grandes, depois enfeites, memórias…

2) Quem sabe faz a hora, não espera acontecer…

Quando ele a vir fazendo as coisas, vai perguntar do que se trata! Mostre que se empolga, nada mais sedutor que uma história contada com brilho no olhar! E nesta hora, pergunte se ele poderá fazer esta ou aquela tarefa naquele projeto! E mostre a diferença de preço do comprado pronto e do que vocês podem fazer ( se, claro, você decidiu que é capaz e que vale a pena fazer!)

Neste projetinho do quadro de rolhas que mostrei aqui pedi pro maridão cortar as rolhas!

 

20140509-225903.jpg

3) Acredite, se ele a vir fazendo, vai querer fazer também!
Depois que fizemos aquela reforma hercúlea no muro lá em volta da piscina, maridão fez um suporte pro ombrelone depois que ele voou e quebrou o tampo da mesa!

Usou um resto de cimento, uma lata de tinta, outra de biscoito, um pedaço de cano de um pouquinho de tinta!
Amei!!! Ficou lindo! ( E uma base pra ombrelone na Tok&Stok custa mais de 200 reais!)

Base para ombrelone feita com a própria latinha de tinta cheia com cimento e um cano no meio. A alça da latinha foi mantida para carregar. Como não parava em pé, ele usou outra lata quadrada com base maior e rasa e cimentou a lata de tinta pintada de preto dentro. Gênio!!!

Base para ombrelone feita com a própria latinha de tinta cheia com cimento e um cano no meio. A alça da latinha foi mantida para carregar. Como não parava em pé, ele usou outra lata quadrada com base maior e rasa e cimentou a lata de tinta pintada de preto dentro. Gênio!!!

 

a base fazendo sua função. Parabéns, maridão!

a base fazendo sua função. Parabéns, maridão!

Outro projeto do maridowski recentíssimo foi pegar estes bancos que uma amiga doou, lixar e pintar! Tudo sozinho… Olha lá! ( Valeu, Cynara!)

 

me mandou a foto no celular do banco que estava pintando... Lindões, marido e banco!

me mandou a foto no celular do banco que estava pintando… Lindões, marido e banco!

 

tcharanss!!! Bancos prontos!!!

tcharanss!!! Bancos prontos!!!

… E ajustou a base da mesa ao tampo que ganhamos do compadre Gabriel depois que o vento quebrou o nosso! Valeu, Gabi!!!

 

 

4) Tudo tem um preço!

Você já fez o projeto, cotações de preço, estabeleceu a parte que cabia a você fazer, já explicou o projeto pra ele… Será que ele não poderia contribuir com $, então?!

 

 

da Westwing para nosso quarto, direto do cartão marital!

da Westwing para nosso quarto, direto do cartão marital!

 

cadeira idem

cadeira idem

ibidem! Assim como lustre e tapete...

ibidem! Assim como lustre e tapete…

5) Tática de guerrilha

E se nada animou, não se estusiasmou a pagar, a opinar, a rachar a conta, a pregar um quadro!!!… Só lhe resta a guerrilha! Deixe o ambiente chegar a níveis extremos e nem se importe, aparentemente! Ele vai perceber, vai perguntar… Não acha que está precisando mudar?!

Foi o caso do nosso cantinho da beleza, veja o antes…

20140509-230608.jpg

 

E agora vai ser o da reforma da sala de jantar! 😉

 

20140509-230127.jpg

Espero que ajude vocês a se entenderem na décor… Pensando bem, maridão prega um quadro como ninguém! Grande parceiro pra vida e pras peripécias domésticas!

 

E você, quer ajudar, palpitar? Tem uma dica? Entre, fique à vontade, a casa é sua!!!

PS: Agora temos email do blog, se quiser mandar sua casa ou sua história, você já sabe, a casa é sua!
deolhonacasa@email.com
 

A casa – 1a geração

Tem dias que não vai… Não anda, não flui, as pessoas não enxergam, as cirurgias, sei lá… Tem dias que são sei lá. A gente acorda, manda as meninas pra escola, se arruma, trabalha… E pensa que tudo que queria ter feito era nada disso! Apenas ter ficado em casa e ter arrumado um armário, ter batido um bolinho…
O fato é que a cada 10 anos me vem uma crise destas! Será que um dia a gente descobre a missão da gente aqui na terra??

Esperamos que sim, né!!! Pra todo mundo!!! 🙂

Crises à parte, hoje vou mostrar mais uma casa daquela família que mostrei no começo do ano, os avós alemães da minha amiga querida, Stephanie! O Opi e a Omi, que mostrei aqui, no começo do ano! Quando eu crescer, quero ser como eles! Não digo alemães, mas cúmplices e parceiros, um amor pra vida inteira!

Esta casa, sim, é um lar. Plantas simples e que demoraram pra crescer, bem cuidadas até hoje. A casa parece ter sido construída no final da década de 60 ou começo de 70. Tem cheiro de lar e dá vontade de perder a hora e ficar pra dormir! Hahahaha! Já falei outras vezes sobre decoração ser datada… Tudo tem data, não é mesmo? E as marcas do tempo tem sua importância, também na decoração. Particularmente acho uma falácia quando ouço alguém dizer que tal peça ou tal cômodo é atemporal. Como assim?! Traduzo por impessoal. Que é o contrário desta casa. Impessoal e atemporal não cabem no conceito de lar. Muito menos nesta casa!

Vamos ver?

 

Começando por fora... A piscina!

Começando por fora… A piscina! E a Pè…

 

Fomos lá no sítio no fim-do-ano, dia 30/12. A galera estava acampada nas duas pelas festividades do Revéillon. O churras rolava na Casinha, que já mostrei aqui. Logicamente as meninas não resistiram e… Tchbum!!!´´´

 

A piscina tem  barraspra eles fazerem hidroginástica e um tamanho bem generoso.

A piscina e a Cleo.

 

A piscina tem um tamanho bem generoso. Vè-se ao fundo a casa em que eles moraram a vida inteira.

A piscina tem um tamanho bem generoso. Vè-se ao fundo a casa em que eles moraram a vida inteira.

 

A casinha e o churras.

A casinha e o churras.

 

O jardim, pra mim, é um encantamento. A Omi que plantou tudo. Embaixo daquele coqueiro à direita tem uma wanda (que é uma orquídea rara/cara/difícil de cuidar, que está ali há anos e já formou uma touceira.

 

a wanda

a wanda

 

E cada cantinho do jardim tem um banco bom de sentar e olhar, só olhar…

 

o banco e a orquídea pendurada na árvore. Típico de vó #amomuitojardimdevó

o banco e a orquídea pendurada na árvore. Típico de vó #amomuitojardimdevó

 

anjo que fica olhando a casa #deolhonacasa

anjo que fica olhando a casa #deolhonacasa

 

o caminho até a casa.

o caminho até a casa.

 

caminho com maciços de plantas de meia-sombra. Anos e anos aí...

caminho com maciços de plantas de meia-sombra. Anos e anos aí…

 

demais, né ;)

demais, né 😉

 

jasmim manga, o meu predileto! Várias cores...

jasmim manga, o meu predileto! Várias cores…

 

Caminhos de samambaia eu quase choro! Também vou ter quando eu tiver cabelo roxo...

Caminhos de samambaia eu quase choro! Também vou ter quando eu tiver cabelo roxo…

 

E aí a gente chega na varanda…

fala verdade... Quanto tempo você ficaria aí?

fala verdade… Quanto tempo você ficaria aí?

 

o macaco pendurado, o chifre de veado enorme e a renda portuguesa!

o macaco pendurado, o chifre de veado enorme e a renda portuguesa!

atenção para o carrinho...

 

e para a coruja com os regadores

e para a coruja com os regadores

 

o outro lado da varanda. Mais plantas lindas de Omi!

o outro lado da varanda. Mais plantas lindas de Omi!

 

olha o tamanho desta suculenta dedo-de-moça! muito tempo, muito amor!

olha o tamanho desta suculenta dedo-de-moça! muito tempo, muito amor! E o Manacá ao fundo… Tò criando um… Umdia chego lá, Omi!

 

Então vamos entrar? A casa é enorme e estava enfeitada para o Natal. Quer mais amor que isso?! Fotografei só a sala da entrada e a de jantar. E uma das camas. É que foi ficando noite e era dia de festa…

 

adoro o lustre e a lareira. Não poria carpete, mas faz muito sentido nesta casa...

adoro o lustre e a lareira. Não poria carpete, mas faz muito sentido nesta casa…

 

lado esquerdo da sala da lareira. Pura convivência.

lado esquerdo da sala da lareira. Pura convivência.

 

E o lado direito também!

E o lado direito também!

 

Muitos assentos! E a mesinha de bistrô ao invés de uma mesa de centro no outro canto?! #adoro! E a decoração da Omi pra Natal?! Na casa inteira, carinhosa, minuciosa…

Sala de jantar. Quer mais integração que uma mesa redonda enorme? E o louceiro que ocupa toda a parede?

Sala de jantar. Quer mais integração que uma mesa redonda enorme? E o louceiro que ocupa toda a parede?

 

sala de jantar em tons de azul-marinho

sala de jantar em tons de azul-marinho. e este tapete?!

 

adoro figuras de casal na cabeceira...

adoro figuras de casal na cabeceira…

 

E lá fora ainda tem uma área de convivência, com balcão, churrasqueira, mesas enormes e rústicas e muito enfeite…

Anoiteceu. O balcão.

Anoiteceu. O balcão.

 

balcão. Detalhes da cerâmica

balcão. Detalhes da cerâmica

 

outro lado deste espaço

outro lado deste espaço

 

adega

adega

 

detalhe da cerâmica da adega.

detalhe da cerâmica da adega.

 

Lá fora ainda tem um viveiro lindo de plantas, pomar… Lá dentro ainda tem uma cozinha muito linda, outros quartos… Mas ficou tarde, mesmo! É hora de recolher as crianças e voltar pra casa! Lindo dia, ótima companhia!

 

Varanda à noite

Varanda à noite

Quer entrar?! Fique à vontade… A casa não é minha, mas a Omi adora visitas!

 

Quer mostar seu lar aqui? Manda email pra gente! deolhonacasa@email.com