Vamos adesivar tudo?! E mais um pouco… FAQ + dicas

Um dos posts mais acessados aqui no blog é aquele em que adesivei a geladeira de galinha D’angola e mais uns móveis da Carol, minha amiga, lembra?!

Pois, então… Com o remake da sala de TV, lembrei que tinha este artifício pra mudar o rack de preto pra branco! Melhor que pintar, porque o bico do compressor não chega em toda a profundidade dos nichos. Fora que pra usar o compressor, eu teria que recorrer ao marido, que é pouquíssimo disposto aos meus arroubos decorativos.

Aí você vai me perguntar:

– de preto pra branco?! Cobre?!

O antes. Mentira. Eram 2 racks e este foi pra outro quarto! Rá!

O antes. Mentira. Eram 2 racks e este foi pra outro quarto! Rá!

Cobre. Se o seu adesivo vinílico for mais grosso, melhor. Usei um importado de 15 reais o metro ( por 60cm de largura);

Este é o que foi, de fato, adesivado. Um rack da Etna com duas gavetas. No final, acoplei os nichos que ficavam na parede porque achava a TV baixa aí em cima.

Este é o que foi, de fato, adesivado. Um rack da Etna com duas gavetas. No final, acoplei os nichos que ficavam na parede porque achava a TV baixa aí em cima.

Antes de tudo: retire gavetas, puxadores, partinhas retiráveis e limpe com pano úmido e com vontade.

Antes de tudo: retire gavetas, puxadores, partinhas retiráveis e limpe com pano úmido e com vontade.

– É rápido, fácil e barato?!

Já falei o preço, 15 reais o metro. Usei 10m pra estante mais o rack. Saiu 150 reais do branco, mais o adesivo chevron que comprei na decoratons. Ou seja, nem tão caro, nem tão barato.

Vá recortando as partes planejadamente. No final descobri que o melhor seria deixar o tampo pro final...

Vá recortando as partes planejadamente. No final descobri que o melhor seria deixar o tampo pro final…

Sobre ser fácil … Bem, é trabalhoso, mas você pega o jeito. Principalmente nestes móveis bastante retos, vai muito bem. Algumas partes, como o interior dos nichos, são piores, mas nada inexequível. E, pelo menos pra mim, não foi tão rápido, justamente por ser trabalhoso. Demorei um final-de-semana, mas o efeito foi libertador.

As dicas que dou são:

corte sempre um pouco maior que a medida da superfície, assim você não precisa colocar tão retinho, principalmente se o móvel for longo e depois você apara com o estilete;

o rack tá quase pronto… Faltam as gavetas, além do nicho e da estante.

o rack tá quase pronto… Faltam as gavetas, além do nicho e da estante.

Vamos lá, nichos e gavetas!

Vamos lá, nichos e gavetas!

-tenha alguma coisa pra alisar seu adesivo e não deixar bolhas; eu uso uma espátula de papel de parede; há as próprias para adesivo vinílico, mas vale também rodinho de pia, espátula de bolo… Desde que não seja cortante;

Considere também os cantos necessários antes de cortar!

Considere também os cantos necessários antes de cortar!

-nas bordas, é importante sobrepor um pouquinho o adesivo pra não descolar depois; o melhor é deixar a emenda para dentro ( por isso o tampo depois!);

Depois corte os detalhes, se detalhe houver ( no meu caso, havia puxador.)

Depois corte os detalhes, se detalhe houver ( no meu caso, havia puxador.)

faça primeiro o mais difícil ( o interior dos nichos e as emendas entre eles ~do rack~, no meu caso); o tampo é fácil e já dá aquele tcharans imediato;

planeje bem seu corte pra não desperdiçar adesivo, dá pra sobrar bem pouco, só umas tiras laterais se você não sair cortando tudo de qualquer jeito quanto pega o rolo;

Rack pronto, fundo do nicho em chevron já aplicado e as partes do nicho recortadas. Planeje seu corte.

Rack pronto, fundo do nicho em chevron já aplicado e as partes do nicho recortadas. Planeje seu corte.

-considere todas as superfícies a serem revestidas ( interior dos nichos, laterais do móvel, divisórias…) e compre 20% a mais; uma hora ou outra você vai acabar fazendo uma pequena estupidez e vai fazer de novo uma partinha;

tome o tempo que precisar, o móvel é pra você, pra sua família. Pode não ficar perfeito, mas fazer com carinho ameniza qualquer imperfeição.

-cogite se vale a pena desmontar o móvel em questão para adesivar. O rack e o nicho eu adesivei inteiros, apenas tirei as gavetas. Depois marido parafusou o nicho sobre o rack. Já a estante, como teve os pés cortados e substituídos, assim como o madeirite do fundo, decidimos desmontar, adesivar e montar de novo. Esta estante era bem velhinha, do nosso primeiro apartamente em 2003. Abrigava nossos discos de vinil.

Rack pronto e estante desmontada. Substituímos o fundo por um madeirite inteiriço e reforçamos a base com pinus. Adesivamos cada parte e montamos.

Rack pronto e estante desmontada. Substituímos o fundo por um madeirite inteiriço e reforçamos a base com pinus. Adesivamos cada parte e montamos.

Agora é partir pro abraço!

inspeção final… Já repararam que onde eu vou, esta gatinha vai cheirando atrás?!

inspeção final… Já repararam que onde eu vou, esta gatinha vai cheirando atrás?!

Tudo certo!

Tudo certo!

De preto pra branco e de marrão para branco! Yay!

De preto pra branco e de marrão para branco! Yay!

Agora já pode voltar as coisas tudo de Poços pro lugar! :P

Agora já pode voltar as coisas tudo de Poços pro lugar! 😛

E você, vai adesivar alguma coisa também?! Mostra pra gente, vai… ( deolhonacasa@email.com). A sala daqui é sempre sua!

Embaixo da escada

O que guardar embaixo da escada?! Como planejar este cantinho?! É sempre um desafio decorar este pedaço das casas que são assobradadas. Aqui em casa temos esta sala da entrada. Ela tem pé-direito duplo e a entrada principal da casa é pelo mezanino. suis generis, pra dizer o mínimo.

Nossa casa na verdade é bem antiga, da década de 70. E sofreu uma reforma há 11 anos, 7 antes da gente comprá-la. Acontece que as casas da nossa rua são todas iguais, tem a mesma planta, tipo casinhas de vila antigas: uma sala à direita, cozinha à esquerda, um corredor com 3 quartos e 2 banheiros, um ao lado do outro. A parte de cima, então, era esta casa antiga. A cozinha deu lugar a um escritório. A parte debaixo não existia. E esta sala de pé-direito duplo foi escavada no terreno.

planta baixa sem escalas da parte de baixo da nossa casa

planta baixa sem escalas da parte de baixo da nossa casa

E por isso tem a escada, pra se comunicar com a área social. Aqui temos esta sala, sala de jantar, cozinha e área de fora. Conto isso só pra vocês se situarem minimamente. Como são 3 salas e adoramos música, fizemos desta a nossa sala de música. Porque adoramos dançar, marido adora música e, aqui em casa, baby, quem não dança, segura a criança. Sejamos racionais, melhor ter poucos móveis pra este propósito, né?!

quand eu era résidente, o único animal que eu consegui cuidar, foi um peixinho dourado. Ele morava nesta sala, também.

quando eu era residente, o único animal que eu consegui cuidar, foi um peixinho dourado. Ele morava nesta sala, também. Mas depois ele morreu e eu joguei na privada, sem grandes dramas. E meu compadre deu a Maria Joaquina pra Cleópatra na Páscoa, há 3 anos.

Mas voltemos à sala de música. Você entra em casa, e acaba o chão. Você está sobre o mezanino e, tudo que lhe resta é descer pelas escadas da Galeria Naïf (próximo post, ok?).

A gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte!

A gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e arte!

E embaixo da escada, mandei fazer um móvel pra todo o aparato musical da casa.

É um móvel sob medida, preto, com uma porta de correr de espelho bizotado.

É um móvel sob medida, preto, com uma porta de correr de espelho bizotado.

Nas gavetas tem fitas K7 e CDs. Sim, marido escuta e compra fitas K7, não me pergunte como.

Nas gavetas tem fitas K7 e CDs. Sim, marido escuta e compra fitas K7, não me pergunte como.

No nicho do meio estão os vinis e, no canto, fazendo quina com os bancos de demolição, está um baú com os discos menos ouvidos.

No nicho do meio estão os vinis e, no canto, fazendo quina com os bancos de demolição, está um baú com os discos menos ouvidos. Aparentemente, o do Batman é um deles.

Cantinho do bau.

Cantinho do bau.

Em cima do móvel ficam os equipamentos de música e outro dia Marcão me falou que já tinha tido que queria. Tem um mixer, um receiver, uma vitrola Stanton (coberta com capa), um toca-fitas que grava, um carrosel de CDs que grava, também.  Distingo pouco qual é qual.

Em cima do móvel ficam os equipamentos de música e outro dia Marcão me falou que já tinha tido que queria. Tem um mixer, um receiver, uma vitrola Stanton (coberta com capa), um toca-fitas que grava, um carrosel de CDs que grava, também. Distingo pouco qual é qual.

E na parte mais baixa embaixo da escada coube um gaveteiro e uma adeguinha.

E na parte mais baixa embaixo da escada coube um gaveteiro e uma adeguinha.

Neste gaveiteiro tem alguns equipamentos que marido achou que as meninas fossem gostar… Walkman do piu-piu e Meu Primeiro Gradiente. Mas elas preferem o Mine Craft e os apps de celular! :/

Neste gaveiteiro tem alguns equipamentos que marido achou que as meninas fossem gostar… Walkman do piu-piu e Meu Primeiro Gradiente. Mas elas preferem o Mine Craft e os apps de celular! :/

Estes bancos de demolição também mandei fazer. A poltrona baixa era da minha avó paterna, ela passava o dia sentada nela. A guitarra é minha, é canota, mas ainda vou aprender a tocar! :P

Estes bancos de demolição também mandei fazer. A poltrona baixa era da minha avó paterna, ela passava o dia sentada nela. A guitarra é minha, é canhota, mas ainda vou aprender a tocar! 😛

Os bancos de demolição, quando juntos, viram uma mesa ótima pra foundue!

Os bancos de demolição, quando juntos, viram uma mesa ótima pra foundue!

O tapete persa atrás da Penélope foi meu presente de casamento dado pela minha irmã. :)

O tapete persa atrás da Penélope foi meu presente de casamento dado pela minha irmã. 🙂

As poltronas novas habitam aqui também...

As poltronas novas habitam aqui também…

Com seus pés-palito da @avoqueria (beijo, amiga!) pintados de laca sem compressor...

Com seus pés-palito da @avoqueria (beijo, amiga!) pintados de laca sem compressor…

Esta é a parede comprida da sala. Aparentemente, as plantas deste vaso vermelho gostam de morrer.

Esta é a parede comprida da sala. Aparentemente, as plantas deste vaso vermelho gostam de morrer.

E a visão geral da Cleópatra se esparramando nas almofadas. Elas nunca ficam arrumadas.

E a visão geral da Cleópatra se esparramando nas almofadas. Elas nunca ficam arrumadas.

E você, o que guarda embaixo da escada? Nós guardamos música! Quer dançar?! Fique à vontade, escolha o LP!

PS: Tenho um painel do Pinterest com várias idéias ótimas pra Embaixo da Escada! Clica aqui, ó!